Artista vira Uber – Dilema

Tempo de leitura: 1 minuto

Quantos artistas não enfrentam esse dilema? Vou virar Uber.

Nada contra trabalhar com Uber, acho que é uma opção complementar de renda.

Eu mesmo já pensei isso em um momento da minha carreira artística.

Mas a pergunta que faço é?

 Eu estou buscando outras formas viáveis para vender meu trabalho artístico?

 Ou estou paralisado diante desta chuva de informação, com crises de lá e de cá?

Será que eu estou cuidando do meu negócio cultural, jogando fora aquilo que não funciona mais?

Será que eu estou dialogando com as pessoas certas nas redes sociais?

Se você que trabalha com arte e não está fazendo estas perguntas é melhor se preocupar.

Me responda quais são as suas soluções para viver de arte? Coloca aqui nos comentários!

Apresento para você o treinamento ARTISTAS EMPREENDEDORES – de artista para artista. Alguém que realmente conhece suas dores de viver de arte.

Tenho como missão fomentar o empoderamento dos artistas no meio digital, de forma organizada, criativa e sustentável, com o objetivo de potencializar o mercado Cultural.

Aumente a venda de seus cursos e espetáculos, sua autoconfiança, tenha seu trabalho artístico reconhecido e se torne o artista de sucesso como você sempre sonhou.

🌈 ARTISTAS EMPREENDEDORES – EMPODERAMENTO DE ARTISTAS NO MERCADO DIGITAL CULTURAL 🌈

CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS –
➡️ http://bit.ly/INSCRICAO-AE-BLJR