MUIÉ COLORES

Muié Colores, é um recorte não só de ilustrações, mas de memórias.

Desenho mambembe nascido na estrada, pulsa com suas padronagens vibrantes construídas com aquilo que se tem à mão e a “perspectiva oculá que se tem no zóio” como Juliano diria.

A exposição individual de ilustrações desse multi artista é desenho empírico liberto.

Cada ilustração em Muié Colores é um estado de espírito, um poema e uma questão bastante particular: Juliano é daltônico.

Uma suspeita infantil, vinda dos tempos de catação de amoras, vista como lerdeza aos olhos dos amigos e inabilidade aos dos professores de artes.

Com os números dos lápis decorados, Ju “vence” a escola e passa a vida brincando com pretos brancos e cinzas, quando finalmente, aos 26 anos, se descobre daltônico.

Talvez daí o encantamento do seu “esquema de cores” bastante incomum.

As mulheres de Juliano, tratadas com a profundidade da luz e da sombra (fruto de exercício do carvão e grafite no desenho de observação) mergulham e vestem-se de cor em esquemas geométricos e chapados, surpreendentes em seus verdes e amarelos fluorescentes.

Muié Colores é cheia de amor e brasilidade. Contém a alegria de quem já viu muito, sentiu muito, superou adjetivos inúteis.

Sejam todos muito bem vindos ao universo de Ju Rossi.”

 

Bibiana Ferreira Pereira (formada em Artes Visuais: Licenciatura e História Teoria e Crítica da Arte- UFRGS)

Tags: DESIGN E MODA

View Project
Back to Top