BONECOS E MÁSCARAS

BONECOS E MÁSCARAS,

Juliano Rossi de Jesus

Mineiro natural da Cidade de Poços de Caldas – MG. É Cenógrafo, construtor de bonecos, Ator-Manipulador e músico, formado pelo TEPA – Teatro Escola de Porto Alegre. Na capital gaúcha já trabalhou na Cia Santa Estação e na Cia. Caixa do Elefante por 7 anos, representando o estado em grandes festivais de teatro e de formas animadas pelo Brasil. É fundador do Grupo Mosaico Cultural onde desenvolve diversos projetos culturais. Já atuou em espetáculos como “Parada 400: convém tirar os sapatos” (direção Jezebel De Carli), Antígona (direção Luciano Alabarse), La Serva Padrona – Orquestra SESI/Fundarte (direção Jezebel De Carli). Ganhou o prêmio Quero-quero em 2006 de melhor cenário pelo espetáculo da Cia Santa Estação “A Tempestade e os mistérios da ilha”, vencedor do Troféu Açorianos de Melhor Cenografia em Dança em 2008 Re-sintos – Muovere Cia de Dança e em 2011 também foi vencedor do Troféu Açorianos de Melhor Cenografia em Dança – Solo em Água Fervente – Cia Caracol em Danças, neste mesmo ano foi  indicado ao Troféu Açorianos de Melhor Cenografia em Teatro  com o espetáculo – “Hotel Fuck: num dia quente a maionese pode te matar” com direção de Jezebel De Carli e também pelo O Fantástico Circo-Teatro de um Homem Só – Cia Rústica direção Patrícia Fagundes.

Tags: BONECOS E MÁSCARAS

View Project
Back to Top